África  | 02/05/2017

A desconhecida SELOUS

Selous ocupa 55 mil quilómetros quadrados, e embora não seja tão conhecida por estar situada no sudeste da Tânzania, está mais próxima de Dar Es Sallam que de Arusha. É a maior reserva de Africa.

O seu território é banhado por rios importantes e numerosos como o Rufiji, o Kilomber, o Then e o Ruaha, o que impede a concentração de grandes massas de herbívoros. Isto não quer dizer que não se vejam animais durante um safari en Selous, porque nas vastas planícies vivem 30 espécies de mamíferos e 350 de aves. A concentração mais numerosa é de 180 mil búfalos.  

O parque pode ser visitado com um todo-o-terreno ou a pé, sempre acompanhados por rangers armados, ou com um barco que sobe o Rufiji, o rio que sai de Tanganika e que, juntamente com o Ruaha, forma uma bacia hidrológica tão vasta como toda a Andaluzia. É importante ter cuidado com os hipopótamos, que não hesitam em atacar os barcos que passam muito próximo deles e, claro, também com os numerosos crocodilos.  

A melhor altura para fazer safaris em Selous é na época seca, de Junho a Outubro. Durante a época das chuvas, de Abril a Junho, a maioria dos lodges estão fechados.  

     
     

Newsletter

El Elefante de SUDAFRICA

Agosto 2017

Enviando formulario...

El servidor ha detectado un error.

Formulario recibido.

+ Veja newsletters anterior

Más noticias

Oriente Médio

Um barco atrás de KEOPS

Oriente Médio

Eternamente ABU SIMBEL

retorno