Oriente Médio  | 03/05/2014

O Muro das Lamentações de JERUSALEM

O colossal muro branco de bloco de pedra é o local mais sagrado do judaísmo e a praça em frente é um local permanente de oração.

O Muro, cujo nome em hebraico é Ha-Kotel, é uma parte do muro de contenção do Monte do Templo que foi construído por Herodes, o Grande, quando ampliou o Templo. As pedras da parte inferior são do tempo de Herodes, e, as da parte superior, pertencem ao período islâmico. Na época dos otomanos, o muro tornou-se o local onde os judeus chegaram a lamentar a destruição do Segundo Templo e assim surgiu o seu nome.

Até há relativamente pouco tempo, as casas cobriam grande parte do que é hoje o Muro das Lamentações. Quando os israelitas assumiram o controlo da Cidade Velha de Jerusalém, após a guerra de 1967, arrasaram o bairro muçulmano adjacente.

Os não-judeus podem aproximar-se do muro se forem vestidos de forma apropriada e estiverem de cabeça coberta. O Wilson Arch, que está no canto esquerdo da seção de oração, é apenas para homens. A parte do corredor original que leva ao templo, está atualmente  incluído num edifício que funciona como sinagoga. 

     
     

Newsletter

El Elefante de SUDAFRICA

Agosto 2017

Enviando formulario...

El servidor ha detectado un error.

Formulario recibido.

+ Veja newsletters anterior

Más noticias

retorno