Ásia  | 29/12/2014

Os Templos de BAGAN

Marco Polo, que pode ou não pode ter visitado este local nas suas viagens, descreveu Bagan como um dos melhores lugares do mundo. Apesar de séculos de abandono, saques, erosão, alguns sismos, incluindo um devastador em 1975, e para não mencionar a questionável restauração, esta planície repleta de templos ainda oferece uma vista inesquecível.
 
Durante 230 anos de construção intensa, concluída em 1287, e entre invasões mongóis, os reis de Bagan encomendaram mais de 4 mil templos budistas. Algumas estruturas religiosas de tijolo e estuque são tudo o que resta do antigo esplendor da cidade.
 
Foram desenvolvidos muitos projetos de restauração neste importante local arqueológico. Muitas vezes, estas restaurações têm pouca relação com a construção de estilos e técnicas utilizadas na altura da construção original. Ainda assim, Bagan permanece uma maravilha. Templos como Ananda Pahto dá-nos uma ideia do que representou a cidade no seu auge, enquanto outros templos ocultam murais coloridos e escadarias escondidas que conduzem a plataformas exteriores com vistas esplenderosas.

     
     

Newsletter

El Elefante de SUDAFRICA

Agosto 2017

Enviando formulario...

El servidor ha detectado un error.

Formulario recibido.

+ Veja newsletters anterior

Más noticias

retorno