África  | 31/03/2015

A Grande Migração do SERENGETI

Há milhares e milhares de anos, nas vastas planícies do Serengeti, incia-se um dos ciclos naturais mais impressionantes do planeta. Milhares de ungulados, impulsionados pelo ritmo primitivo da sobrevivência, deslocam-se entre Abril e Agosto, em busca de pastagem. Os mais famosos e numerosos são os gnus, com aproximadamente um milhão e meio de exemplares, e a sua migração anual é a maior atração do Serengeti.

O espetáculo começa em Fevereiro, a época de partida dos gnus, quando diariamente nascem mais de 8.000 crias a sul do Serengeti, apesar de 40% morrerem antes dos quatro meses. Em Abril, as chuvas começam a diminuir e os gnus dispersam-se pelo sul do Serengeti e pelo extremo oeste do Ngorongoro, formam manadas de milhares de cabeças e começam o seu percurso em direção a norte e oeste em busca de pastos preciosos.

Em Junho, com o fim das chuvas, o ar fica limpo e fresco, e à medida que o sul do Serengeti vai secando, grandes manadas de gnus continuam a sua migração em direção a noroeste atravessando o rio Grumeti. O momento da passagem (que dura uma semana) varia de ano para ano, mas ocorre entre Maio e Junho.

     
     

Newsletter

El Elefante de SUDAFRICA

Agosto 2017

Enviando formulario...

El servidor ha detectado un error.

Formulario recibido.

+ Veja newsletters anterior

Más noticias

retorno