Ásia  | 10/01/2016

La Cultura Mrauk-U

A Mrauk-U, situado no Estado de Rakhine da costa Oeste de Mianmar, foi a última capital do reino de Arakan, entre 1430 e 1784. Durante este período, o reino era rico e poderoso e atraiu comerciantes e colonos de todo o mundo. Chegou a ter uma população de mais de um milhão de pessoas, que levou, durante este perído, Londres e Nova York a tornarem-se em pequenas populações.

Tal como os seus vizinhos da Birmânia e Tailândia, os Arakans eram budistas devotos e construíram centenas de templos para fazer méritos e procurar o favor na sua própria vida. Muitos desses templos permanecem escondidos e estão à espera de serem explorados por viajantes intrépidos.

É o segundo local arqueológico de Myanmar de maior importância depois de Bagan. Os templos de Mrauk U são mais pequenos, predominantemente feitos de pedra e estão espalhados ao longo de uma zona ainda habitada e fértil. É um cenário de aldeias ativas como a aldeia Chin, onde as mulheres usam um rosto cheio de tatuagens, um sinal de beleza, força e orgulho.

     
     

Newsletter

El Elefante de SUDAFRICA

Agosto 2017

Enviando formulario...

El servidor ha detectado un error.

Formulario recibido.

+ Veja newsletters anterior

Más noticias

retorno