Ásia  | 07/03/2017

Sir Thomas Lipton e o chá de CEILÃO

Apesar dos esforços do pioneiro Sir James Taylor, o pai da indústria do chá do Sri Lanka, foi outro escocês, Sir Thomas Lipton, quem, praticamente sem ajuda, colocou o chá de Ceilão no mapa mundial.

Em 1871, fundou a sua primeira mercearia em Glasgow. Em 1880, tinha vinte lojas e, em 1890, mais de trezentas. Em 1899, Lipton decidiu começar a vender chá e anunciou a nova mercadoria com um desfile de uma banda de gaitas de foles e instrumentos de metal.  Conseguiu vender dez milhões de libras de té em apenas dois anos baixando em dois terços o preço praticado naquela época. Foi o nascimento da dinastia do chá Litpon.

Em 1890, numa rota em direção à Austrália, Lipton ficou em Ceilão e, fiel à sua clarividência nos negócios, comprou cinco plantações de chá, onde entre elas estava a sua favorita, a de Bambetenne, perto de Haputale. Publicitou as novas aquisições de uma forma impecável com um "direto dos jardins de chá para o bule de chá". Definitivamente, estimulou a procura massiva deste produto que, hoje em dia, é consumido a nível mundial.

     
     

Newsletter

El Elefante de SUDAFRICA

Agosto 2017

Enviando formulario...

El servidor ha detectado un error.

Formulario recibido.

+ Veja newsletters anterior

Más noticias

Oriente Médio

Um barco atrás de KEOPS

Oriente Médio

Eternamente ABU SIMBEL

retorno